Skip to content

Green color

    Increase font size  Decrease font size  Default font size  Skip to content
Edição 5



Apresentação Imprimir E-mail
Escrito por Ricardo Moutinho   

O constante crescimento do interesse pela língua portuguesa na China, em razão dos inúmeros acordos bilaterais que esse país tem realizado com as nações de língua oficial portuguesa, fez com que o número de cursos de PLE oferecidos nas universidades chinesas aumentassem exponencialmente nos últimos anos. Como é natural, essas universidades exigem professores cada vez mais qualificados, capazes de atender às demandas estratégicas de qualquer instituição de ensino superior que queira se destacar no âmbito nacional e internacional, demandas essas que se referem à qualidade de ensino e de pesquisa.

Leia mais...
 
Mudança de atitude dos aprendentes chineses em relação à aprendizagem do português (PLE) Imprimir E-mail
Escrito por Maria José dos Reis Grosso (Universidade de Macau) e Ricardo Moutinho (Universidade de Macau)   

Resumo:

Um dos objetivos deste texto é apresentar características do perfil do aprendente de português, universitário, em fase inicial de aprendizagem, falante nativo de chinês e em contexto de não imersão linguística que frequenta os cursos de Português da Universidade de Macau, na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), onde a língua portuguesa tem o estatuto de língua oficial até 2049. Destacam-se os dados relativos às atitudes que estes aprendentes têm em relação à língua portuguesa, aos falantes nativos e ainda ao modo como a própria aprendizagem do Português Língua Estrangeira (PLE) decorre.

Palavras-chave:Português Língua Estrangeira, perfil do aprendente,atitudes

Leia mais...
 
Língua, Cultura, Aprendizagem: Contributos para uma Abordagem Intercultural ao EnsinoPortuguês Língua Estrangeira em Macau Imprimir E-mail
Escrito por Ana Paula Dias - Doutoranda da Universidade Aberta de Lisboa   

Resumo

O sucessodo processo de ensino e aprendizagem de uma LE, sobretudo quando é tipologicamente afastada da língua dos aprendentes, como no caso do ensino do PLE a alunos chineses, depende muito da comunicação intercultural eficaz entre os participantes. Importa ter presentes as relações entre língua, aprendizagem e cultura e a forma como interagem para dar forma aos estilos culturais de aprendizagem, evitando caraterizar os alunos chineses através de estereótipos como a passividade e as dificuldades na aprendizagem do PLE. Compreender as caraterísticas e necessidades destes alunos e da sua comunidade é fundamental para desenvolver um currículo e aprendizagem eficazes.

Palavras-chave: ensino de PLE, abordagem intercultural, alunos chineses

Leia mais...
 
As Competências Comunicativas Interculturais e a Formação de Professores de Português Língua Estrangeira em Macau Imprimir E-mail
Escrito por Rui Manuel de Sousa Rocha - Universidade da Cidade de Macau   

Resumo

O hábito monolinguístico dos sistemas educativostem sido um entrave à construção de uma sociedade que privilegie o diálogo intercultural. A consciência (multi)linguística na escola e a aprendizagem de línguas devem ser encaradas como o acesso privilegiado ao reconhecimento do diferente, dos outros diferentes de nós. As pedagogias multilingues poderão constituir um fator determinante de consciencialização nas crianças e nos jovens alunos do valor da tolerância e do apreço pela diversidade que significa essencialmente respeito pela diferença, essencial a uma coabitação pacífica. A capacitação dos professores com competências comunicativas interculturais (CCI), sobretudo os que ensinam em contextos multiculturais e os professores que ensinam línguas estrangeiras em Macau é, assim, um premente tópico de reflexão.

Palavras-chave:Competências comunicativas interculturais, formação de professores, Macau.

Leia mais...
 
Práticas na Feira de Cantão e suas Interfaces no Ensino/Aprendizagem de PLE de alunos da GDUFS Imprimir E-mail
Escrito por Júlio Reis Jatobá - Universidade de Estudos Estrangeiros de Cantão   

Resumo

O presente artigo investiga ainfluência da prática de interpretação na Feira de Cantão (FC), uma das feiras de negócios mais importante do mundo, nas motivações, crenças e estratégias de aprendizagemde aprendentes de uma turma de Português Língua Estrangeira (PLE) em Guangzhou, China, ao longo de seus cursos de graduação.Faremos uma contextualização sobre o ensino de PLE em Guangzhou e discutiremos brevemente os temas deste estudo (motivações, crenças e estratégias de aprendizagem)para, em seguida, analisaralgumas narrativas sobre a experiência da primeira participação dos aprendentes como intérpretes na FC. A análise das narrativas aponta que a prática na FC atua positivamente na (re)criação dasmotivações, crenças e estratégias de aprendizagem dos aprendentes.

Palavras-chave:Português língua estrangeira na China. Motivação. Crenças. Estratégias de aprendizagem.

Leia mais...
 
A Potencialidade da Promoção da Aprendizagem Autónoma da Língua Portuguesa para os Aprendentes Chineses Universitários Imprimir E-mail
Escrito por Liu Quan - Universidade de Estudos Estrangeiros de Tianjin   

Resumo

Desde o início do século XXI, os cursos de português tornam-se cada vez mais divulgados e conhecidos na China. À medida que se desenvolve a reforma nacional do ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras que defende a autonomia dos aprendentes, o ensino-aprendizagem do português tem sido alvo de muitos estudos. Nesse contexto, optámos por uma investigação, envolvendo um público-aprendente chinês universitário que está a frequentar o curso de português na Universidade de Estudos Estrangeiros de Tianjin, com o objetivo de demonstrar a potencialidade da promoção da aprendizagem autónoma da língua portuguesa para os aprendentes chineses universitários, partindo das crenças deles sobre a aprendizagem de língua portuguesa, que desempenham um papel muito importante no processo de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave: Crenças dos aprendentes, Aprendizagem do Português,Autonomia,Público-aprendente chinês.

Leia mais...
 
Transferênia da Língua Materna na Aquisição do Português como Língua Estrangeira de Alunos Chineses Imprimir E-mail
Escrito por Shang Xuejiao - Universidade de Estudos Estrangeiros de Cantão   

Resumo

Este trabalho estuda a transferência da língua materna na aquisição de português como língua estrangeira através da análise de uma produção escrita de uma aluna chinesa. Estudamos a aceitabilidade do mesmo texto entre os diferentes interlocutores (falante nativo de chinês e falante nativo de português), distinguimos transferência e erro e discutimos o fenômeno de recombinação dos traços linguísticos. De acordo com os resultados preliminares, a transferência da língua materna no texto da aluna é muito comum, porém, segundo as visões tradicionais de linguagem, é geralmente tratada como erro ou interferência prejudicial à aprendizagem. Este trabalho defende que a transferência não afeta a aprendizagem da LE, pelo contrário, se não nos concentrarmos apenas na gramática, mas observarmos outros traços igualmente importantes, poderemos observar como os aspectos culturais, históricos e identitários vão sendo formados na língua-alvo.

Palavras-chave:Transferência, Língua Materna, Língua Estrangeira, Aceitabilidade, Recombinação.

Leia mais...
 
Uso de Recursos Eletrónicos no Ensino de PLE Imprimir E-mail
Escrito por WeiqiZhang - Universidade de Estudos Internacionais de Shanghai   

Resumo:

Hoje em dia, mesmo que haja grandes desenvolvimentos no ensino de Língua Portuguesa, continuamos a sentir uma grande falta de recursos tanto para as aulas, como para as pesquisas. Porém, o avanço tecnológico fornece-nos possibilidades de aproveitamento de recursos eletrónicos para as aulas. Neste artigo, gostaríamos de atribuir ênfase ao desenvolvimento apropriado e ao uso destes recursos para o ensino de PLE na China, particularmente do aproveitamento de bancos de dados comerciais, de recursos multimédia, entre outros, contribuindo, desta maneira, para a sistematização de recursos eletrónicos aplicáveis ao ensino, assim como para a melhoria das condições ligadas ao ensino e aprendizagem de português.

Palavras-chave: Recursos Electrónicos; Ensino de Português; PLE; Base de Dados.

Leia mais...
 
Recursos Digitais para o Ensino de Português na China Imprimir E-mail
Escrito por Cristina Água-Mel - University of International Business and Economics (Pequim)   

Resumo:

Desde o primeiro programa de sofware destinado à aprendizagem das línguas estrangeiras que o número de recursos disponíveis não tem parado de crescer. A facilidade de acesso e gratuitidade destas tecnologias torna a sua adopção inevitável, senão mesmo imprescindível. No entanto, o entusiasmo inicial deu lugar a uma certa desilusão resultante de promessas não cumpridas. O presente artigo pretende refletir sobre a implementação das Tecnologias da Informação e Comunicação no ensino da língua portuguesa em contextos como a China Interior onde a falta de materiais e de um ambiente linguístico propício ao uso da língua são absolutamente gritantes.

Palavras-chave: aprendente chinês, recurso didáticos, TICs

Leia mais...
 


Pesquisar