Skip to content

Green color

    Increase font size  Decrease font size  Default font size  Skip to content
Início Notícias Carta Aberta da SIPLE em apoio à AAPP
Carta Aberta da SIPLE em apoio à AAPP Imprimir E-mail
Qui, 20 de Dezembro de 2012 08:11

A Sociedade Internacional de Português Língua Estrangeira (SIPLE), em nome de sua diretoria, vem a público para manifestar o seu apoio à Associação de Professores de Português da Argentina (AAPP), que protesta contra a política proposta pela Direção Geral de Cultura e Educação da Província de Buenos Aires, que, sem qualquer justificativa plausível, iniciou um processo de extinção dos professorados de português da província.

O português, ao lado do espanhol e do guarani, é uma das línguas da integração regional, cuja implementação tem sido meta principal das ações e políticas educacionais dos Estados, sobretudo no âmbito do Mercosul, além de ser tema de constante debate nos fóruns acadêmicos e em diferentes instâncias de decisão, públicas e privadas. Além da desejada integração regional e do compartilhamento de interesses linguísticos e culturais, em favor de uma educação linguística de qualidade e de fácil acesso a todos, o português hoje está em evidência no mundo, como língua de crescente valorização econômica, sendo projetada como uma das línguas de comunicação internacional, assim como o espanhol.

Além disso, e a partir dos acordos multilaterais firmados entre os países do Mercosul e bilateralmente entre a Argentina e o Brasil, visando à ampliação da oferta das línguas portuguesa e espanhola em seus países, respectivamente, projetou-se a necessidade da criação de novos postos de trabalho para professores dessas línguas, com reflexos na formação desses novos profissionais. No caso específico da ampliação da oferta do português na Argentina, realidade que se intensificou a partir do ano de 2010, com a implantação progressiva da língua portuguesa nas escolas de nível médio, os professorados desempenham um papel fundamental para a formação de novos professores de português, que não somente atenderão ao público das escolas médias, mas também a diferentes entidades do mercado educacional, como os institutos, as escolas, as universidades etc.

Contrariamente a esses argumentos, a decisão da Direção de Educação Superior, subordinada à Direção Geral de Cultura e Educação da Província de Buenos Aires, segue na contramão do que aponta a própria Lei de Educação Nacional (LEN) da Argentina, que estabelece a universalização e a ampliação da oferta de línguas estrangeiras como uma de suas principais orientações. No caso específico do contexto sul-americano, ampliar a oferta do português e, consequentemente, da formação de novos professores dessa língua, é contribuir para a promoção de uma educação em língua estrangeira que visa à preparação dos sujeitos para o trânsito e o diálogo no âmbito Regional, fortalecendo as relações entre o português, o espanhol e o guarani, bem como entre os países e suas políticas linguísticas e culturais.

Desse modo, a SIPLE convoca seus associados, professores, pesquisadores, estudantes e todos aqueles que defendem uma educação linguística de qualidade e voltada para a integração e a aproximação entre os povos do Cone Sul, a se juntarem à Associação de Professores de Português da Argentina (AAPP), em defesa da manutenção dos professorados de português da Província de Buenos Aires, participando do abaixo-assinado que pode ser encontrado neste endereço: https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dFJVTlRXNkVIbG12QmFtYlpRS3ZEeFE6MQ .

A SIPLE, juntamente com a AAPP, reafirma o seu compromisso de contribuir para a promoção, a difusão e a projeção da língua portuguesa, como língua estrangeira, língua segunda e, sobretudo, língua de integração e mediação cultural, bem como de assegurar a criação e a manutenção de espaços de formação de novos professores, como são os professorados de português da Argentina.

Salvador-Bahia-Brasil, 18 de dezembro de 2012

Diretoria da SIPLE
Profa. Dra. Edleise Mendes (Presidente - UFBA)
Profa. Dra. Viviane Bagio Furtoso (Vice-presidente - UEL)
Prof. Me. Alex Sandro Neris Simões (Secretário – UFBA)
Profa. Me. Kaline Mendes (Tesoureira – UFCE)

Baixe o Arquivo: Carta aberta da SIPLE em apoio à AAPP

 

Pesquisar