Skip to content

Green color

    Increase font size  Decrease font size  Default font size  Skip to content
Início Português no mundo Rede Brasileira de Ensino no Exterior: Centros Culturais, Institutos e Leitorados
Rede Brasileira de Ensino no Exterior: Centros Culturais, Institutos e Leitorados Imprimir E-mail
Escrito por Alex Sandro Neris Simões   

A Rede Brasileira de Ensino no Exterior (RBEx)gerenciada pela Divisão de Promoção da Língua Portuguesa (DPLP) do Ministério das Relações Exteriores, é composta por 21 Centros Culturais, 7 Institutos Culturais e 52 Leitorados, distribuídos em mais de 50 países. Os Centros Culturais Brasileiros, anteriormente denominados Centros de Estudos Brasileiros (CEBs) focalizavam  tradicionalmente suas atividades no ensino da língua portuguesa. Entretanto, ao longo dos últimos anos, essas atividades têm-se intensificado e expandido, passando a abarcar, além da divulgação da cultura brasileira nas suas diversas manifestações, a divulgação de manifestações artísticas e culturais locais, transformando-se em genuínos centros culturais. A denominação "centro de estudos" deixou de alcançar conceitualmente a ampla esfera de atuação dessas unidades. Justifica-se, deste modo, fazer refletir em sua denominação essa nova realidade: "Centro Cultural Brasil-(nome do país onde o centro está localizado)". Os Centros Culturais Brasileiros (CCBs) têm o objetivo de difundir o idioma português falado no Brasil e de promover a cultura brasileira no exterior. Eles desenvolvem, nesse sentido, o ensino sistemá-tico da língua portuguesa falada no Brasil, a difusão da literatura e da cultura brasileiras, a organização de exposições de artes visuais, espetáculos teatrais e participação em feiras de livros, a distribuição de material informativo sobre o Brasil, a difusão da música erudita e popular brasileira, a divulgação cinematográfica brasileira, a organização de palestras e seminários sobre temas relacionados à civilização e à atualidade brasileira e a promoção de outras formas da cultura do Brasil.

 

Os Institutos Culturais são entidades sem fins lucrativos de direito privado e, embora autônomas, cumprem missão cultural em coordenação com as Missões diplomáticas e consulares da jurisdição em que estão sediadas. São eles: Instituto de Cultura Brasil-Colômbia (Bogotá), Fundação Centro de Estudos Brasileiros (Buenos Aires), Fundação Centro de Estudos Brasileiros (São José), Instituto Cultural Brasil Venezuela (Caracas), Instituto Brasil-Itália (Milão), Instituto Cultural Uruguaio-Brasileiro (Montevidéu) e o Instituto Brasileiro-Equatoriano de Cultura (Quito).

Os Leitorados reúnem professores especialistas em língua portuguesa, literatura e cultura brasileiras, que atuam em conceituadas universidades estrangeiras, selecionados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (CAPES/MEC) e pelas instituições acadêmicas no exterior. Atualmente, o Departamento Cultural do Itamaraty coordena e subsidia as atividades dos Leitorados distribuídos em universidades de reconhecido prestígio. A expansão da rede de leitorados revela o êxito dessa modalidade de promoção da língua portuguesa e da cultura brasileira, que atinge uma parcela qualitativa das populações locais, no âmbito das comunidades acadêmicas formadoras de opinião.

 Adaptação a partir de dados fornecidos pela Divisão de Promoção da Língua Portuguesa do Ministério das Relações Exteriores

 

Pesquisar